Tamanho do texto

O Presidente da França, Nicolas Sarkozy, disse que os orçamentos dos países da União Européia devem possuir regras de forma que possam ser adaptados para lidar com a crise financeira atual. Estas regras devem exigir que as nações que usam a moeda comum mantenham seus déficits orçamentários abaixo de 3%, e a dívida pública abaixo de 60% do Produto Interno Bruto (PIB).

Sarkozy sugeriu que as regras têm a intenção de ajudar os países da União Européia a lidar com as turbulências originadas em Wall Street. De acordo com ele, estas regras devem ser aplicadas em "circunstâncias excepcionais". Para o presidente da Comissão Européia, Jose Manuel Barroso, as regras deverão ser aplicadas com "flexibilidade".

As decisões foram tomadas pelos líderes da União Européia durante reunião hoje em Paris.