Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

União Européia certifica 252 fazendas do país

BRASÍLIA - O Brasil já tem 252 propriedades autorizadas a fornecer gado aos frigoríficos habilitados a exportar carne bovina à União Européia. Na última semana, as autoridades sanitárias da Comissão Européia reconheceram 27 novas fazendas como aptas a abastecer os países-membros do bloco comercial.

Valor Online |

A UE autorizou, pela primeira vez, a inclusão de uma propriedade paulista, a fazenda Estiva II, localizada em Novo Horizonte. Reconhecido como área livre de febre aftosa com vacinação pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), o Estado aguardava essa primeira habilitação desde maio. Agora, espera-se que a UE permita a inclusão de fazendas do Paraná e Mato Grosso do Sul, os principais prejudicados pelo foco de aftosa descobertos em outubro de 2005.

Desde a implantação do novo sistema de habilitação, no fim de fevereiro deste ano, a lista saltou de 106 para as atuais 252 propriedades autorizadas. Mesmo com o ritmo mais acelerado de inclusão de novas fazendas, a relação de propriedades aptas está longe da lista de 2.681 fazendas que uma missão do Ministério da Agricultura desejava emplacar em janeiro.

O ritmo está mais forte, mas ainda temos problemas com o acúmulo de pedidos sob análise , diz o mineiro Gilman Rodrigues, presidente do Fórum Nacional dos Secretários de Agricultura. Segundo ele, as certificadoras do sistema de rastreamento bovino (Sisbov) estão fazendo agora o trabalho que deveriam ter realizado há seis anos. É muita minudência, muito papel para conferir e muita visita para fazer. Por isso, acho que só podemos inclui de 20 a 25 novas fazendas por semana nessa lista .

Se confirmada a previsão, a relação brasileira chegaria ao fim deste ano com outras 400 fazendas autorizadas a fornecer gado vivo aos frigoríficos. Para chegar à proposta original brasileira de 2.681 propriedades, seriam necessários dois anos de novas habilitações, como adiantou o Valor em fevereiro deste ano.

De acordo com a lista divulgada pela Direção-Geral de Saúde e Proteção ao Consumidor da UE, as fazendas aptas a vender gado estão localizadas em Minas Gerais (149), Mato Grosso (36), Goiás (33), Rio Grande do Sul (18) e Espírito Santo (15), além da única fazenda paulista. A atualização da relação permitiu, segundo informação da UE, a habilitação de 13 novas fazendas em Minas, sete em Mato Grosso, cinco em Goiás e duas no Rio Grande do Sul.

(Mauro Zanatta | Valor Econômico)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG