O fluxo global de investimento estrangeiro direto (IED) diminuiu 21% para US$ 1,4 trilhão, em 2008, e deve recuar ainda mais neste ano, segundo a Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (Unctad). A agência da ONU ponderou que o fluxo de investimento para as economias desenvolvidas recuou em um terço, enquanto aquele para as economias em desenvolvimento teve ligeiro aumento.

A Unctad alertou, contudo, que menos recursos deverão ser investidos nos países mais pobres em 2009. "O impacto negativo da crise econômica e financeira sobre o fluxo de investimentos diretos deve continuar dominante e contribuir para uma queda contínua desses recursos durante o ano de 2009. Os países em desenvolvimento não serão exceção. A queda no investimento será mais generalizada", disse a agência. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.