Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Um Watteau sumido há 160 anos vendido a preço recorde em leilão em Londres

A tela La Surprise, A Surpresa, de Jean-Antoine Watteau (1684-1721), considerada desaparecida desde 1848, foi vendida nesta terça-feira por 15 milhões de euros, batendo um recorde do grande mestre francês na casa Christies.

AFP |

"Trata-se de uma das redescobertas mais extraordinárias dos últimos anos", felicitaram-se em comunicado Richard Knight e Paul Raison, dirigentes da casa de leilões.

O recorde anterior de um Watteau foi atribuído em 13 de dezembro de 2000 à tela "Conteur" com um preço de mais de três milhões de euros.

O quadro "La Surprise" foi pintado em 1718 fazendo par com "L'Accord parfait", duas telas que tiveram como primeiro proprietário Nicolas Henin, um conselheuiro do rei e ligado a Watteau. Teriam sido vendidos separadamente por volta de 1756 pelo herdeiro de Henin que chegou a publicar uma gravura de cada obra.

"L'Accord parfait" está hoje exposto num museu de Los Angeles mas "La Surprise" trocou de mãos inúmeras vezes, tendo desaparecido entre 1770 e 1848 durante os tumultos revolucionários.

Repertoriado em 1764 no catálogo de um colecionador que era proprietário, o quadro era conhecido apenas por uma cópia na coleção real do palácio de Buckingham em Londres.

O original foi descoberto ano passado, no canto de um salão de uma casa de campo britânica por um perito que foi examinar uma outra tela.

lv/sb/sd

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG