Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Um dia antes da posse, Obama faz trabalho voluntário

SÃO PAULO - Um dia antes de tomar posse como o 44º presidente norte-americano, o democrata Barack Obama fez serviço voluntário hoje em Washington, como forma de homenagem à comemoração ao Dia de Martin Luther King Jr., grande defensor dos direitos civis e dos negros nos EUA.

Valor Online |

"Amanhã nós estaremos juntos como um único povo no mesmo local onde ainda ecoam os sonhos do Sr. King", disse Obama, em referência ao famoso discurso "I have a dream (Eu tenho um sonho)" feito pelo homenageado em 1963, também no centro de Washington, onde o presidente eleito deve jurar a bíblia e assumir o novo cargo.

Do lado econômico, a expectativa em relação à troca de governo envolve possíveis medidas que o novo presidente poderá implementar para tirar os Estados Unidos da maior crise desde a Grande Depressão. O desemprego atinge níveis recordes e a confiança do consumidor não mostra sinais de recuperação.

A posse de Obama, primeiro negro a assumir a presidência dos EUA, está marcada para ocorrer amanhã pouco antes do meio-dia no horário local, ou às 15h no horário de Brasília. Já as celebrações e os eventos paralelos devem acontecer ao longo de todo o dia, atraindo centenas de milhares de americanos.

Em seu trabalho como voluntário de hoje, Obama ajudou a pintar as paredes de um dormitório em uma casa para jovens desabrigados na capital federal dos EUA.

Apesar das festas para sua posse, o futuro presidente dos Estados Unidos reconhece os problemas que terá que enfrentar em seu novo cargo. "Ao longo de nossa história, pouquíssimas gerações tiveram que enfrentar desafios tão sérios como os que estamos vendo neste momento. Nossa nação está em guerra e nossa economia está em crise", lembrou Obama.

Mesmo assim, ele tentou manter a esperança daqueles que lhe garantiram a vitória contra o republicano John McCain em novembro passado. "Apesar de tudo isso - da enormidade das tarefas que temos pela frente - eu estou mais confiante do que nunca de que os Estados Unidos da América vão resistir e de que o sonho dos nossos fundadores (do país) permanecerão vivos", afirmou o presidente eleito.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG