O grupo Ultra, um dos maiores grupos econômicos do País, acaba de anunciar a prorrogação do seu acordo de acionista, segundo comunicado enviado pela Ultrapar à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

O acordo atual, fixado em 2004, venceria no dia 16 de dezembro. Mas os acionistas decidiram prorrogá-lo por mais dois anos, mantendo os mesmos termos e condições do atual acerto.

O grupo Ultra, que atua nos setores de distribuição de GLP (gás liquefeito de petróleo), combustível, químico e de logística, fatura quase R$ 40 bilhões por ano.

O Ultra é controlado por herdeiros da família Igel, que fundou o grupo no fim dos anos 30, e altos executivos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.