Tamanho do texto

A Comissão Européia reduziu a estimativa de crescimento para 2008 na Eurozona a 1,3% do PIB, contra 1,7% da projeção anterior, em conseqüência da desaceleração econômica maior que o previsto.

Segundo as novas previsões Bruxelas, a economia da zona euro terá um crescimento nulo no terceiro trimestre, depois de um retrocesso de 0,2% no segundo. No último trimestre de 2008 o crescimento seria de 0,1%.

Deste modo, a Eurozona (integrada por 15 países) evitaria por pouco uma recessão.

O conunto da União Européia (UE-27) crescerá 1,4% do PIB em 2008, contra a estimativa de 2% de abril.

Além disso, a Comissão prevê que Alemanha, Reino Unido e Espanha vão entrar em recessão técnica.

mar/fp