Presidente do Eurogroup diz que missão europeia deve propor novas medidas de autoridade fiscal à Grécia

A missão de autoridades da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional (FMI) à Grécia vai discutir a possibilidade de Atenas adotar novas medidas de austeridade fiscal, disse nesta segunda-feira o presidente do Eurogroup, Jean-Claude Juncker.

Juncker disse ao site grego Euro2day que a Comissão Europeia, o Banco Central Europeu (BCE) e o FMI vão negociar termos comuns durante reuniões com a Grécia sobre um programa econômico nesta semana que, segundo analistas, pode resultar no pedido de ativar um plano de resgate internacional.

Juncker disse que se a Grécia pedir ajuda, os Estados da zona do euro assumiriam a responsabilidade e que "haverá dinheiro europeu quando for necessário".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.