Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

UE diz que condições para reinício imediato de abastecimento foram cumpridas

Viena, 11 jan (EFE).- A Presidência da União Européia (UE) afirmou hoje que já foram cumpridas as condições para o reinício imediato do fornecimento de gás natural russo para o bloco.

EFE |

A Rússia e a Ucrânia "asseguraram que não obstruirão o trânsito do gás para a UE. Acho que isto deveria levar a um reinício imediato do fluxo de gás", declarou o primeiro-ministro tcheco e presidente em exercício do Conselho Europeu, Mirek Topolanek, em comunicado.

A nota afirma que em seu retorno de uma viagem de intensas negociações em Moscou e Kiev, Topolanek informou da assinatura de uma declaração por todas as partes envolvidas que deveria significar o fim da situação de crise criada pela escassez de gás em alguns países-membros da UE após o corte do fornecimento da Rússia que passa pela Ucrânia.

Apoiado pela Comissão Européia, o primeiro-ministro tcheco negociou nos dois últimos dias um acordo sobre as condições para que observadores internacionais possam vigiar a passagem do gás russo para a UE em todos os pontos relevantes de seu trânsito.

Ao mesmo tempo, Topolanek pediu que as duas partes solucionem sua disputa comercial sobre as tarifas do gás e busquem uma solução para uma relação sustentável na área de energia. EFE wr/fal

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG