Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

UE aprova plano de US$ 660 bi da Irlanda para bancos

A Comissão Européia aprovou o projeto de 485 bilhões de euros (US$ 660 bilhões) da Irlanda para garantir o sistema bancário, informou o departamento de Finanças do país neste domingo. A garantia de dois anos anunciada pelo governo irlandês abrange depósitos, bônus cobertos, dívida sênior e dívida datada subordinada, e dá ao ministro de Finanças irlandês, Brian Lenihan, a última palavra para decidir sobre possíveis fusões e aquisições de bancos do país.

Agência Estado |

O plano cobre os quatro maiores bancos com ações em bolsa da Irlanda: Allied Irish Banks, Bank of Ireland, Irish Life & Permanent e Anglo Irish Bank e cinco subsidiárias de bancos estrangeiros.

O primeiro-ministro irlandês, Brian Cowen, recebeu a notícia da aprovação diretamente do presidente da União Européia, José Manuel Barroso, que confirmou que o esquema está de acordo com as exigências da Comissão, disse o Departamento de Finanças. A notícia veio a público após Cowen voltar de Paris, onde participou da reunião com líderes dos 15 países que integram a zona do euro para discutir a crise financeira.

Entre as medidas decididas no encontro estão planos para recapitalizar as instituições financeiras por meio da emissão de ações preferenciais e outros instrumentos e a emissão de garantias governamentais. Segundo Cowen, essas medidas não atrapalham o esquema irlandês. Ele afirmou também que a reunião "mostra a determinação dos membros da zona do euro de trabalhar de maneira coerente, e de concordar com um conjunto compartilhado de medidas que então poderão ser utilizadas por cada membro da maneira mais adequada a suas circunstâncias particulares". As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG