A Comissão Europeia aprovou um plano da Grécia para recapitalizar os bancos do país por meio do Fundo Helênico de Estabilidade Financeira

selo

A Comissão Europeia aprovou um plano da Grécia para recapitalizar os bancos do país por meio do Fundo Helênico de Estabilidade Financeira. O fundo tem um capital de 10 bilhões de euros (US$ 12,8 bilhões) e faz parte do pacote de estabilidade financeira elaborado junto com o Fundo Monetário Internacional (FMI) e a União Europeia (UE).

O objetivo do fundo é salvaguardar "a estabilidade financeira das instituições de crédito na Grécia e, assim, o fornecimento de crédito para a economia nacional", afirmou Joaquim Almunia, comissário europeu para assuntos econômicos. O fundo vai fornecer capital líquido para os bancos adquirindo ações preferenciais e, sob certas condições, ações ordinárias das instituições que solicitarem assistência.

No caso das ações preferenciais, o plano exige uma remuneração de 10% dos papéis para o fundo e impõe restrições sobre o pagamento de dividendos. Todos os bancos que se beneficiarem dos recursos precisarão apresentar um plano de reestruturação à Comissão Europeia. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.