Tamanho do texto

Os ministros da Pesca dos países da União Européia aprovaram um pacote emergencial de 2 bilhões de euros em ajuda para os pescadores da região, prejudicados pela alta dos preços dos combustíveis. O anúncio foi feito pela Presidência da UE, atualmente exercida pela França.

"Um acordo político sobre medidas urgentes para o setor de pesca foi alcançado por maioria qualificada", diz o comunicado. Áustria, Dinamarca e Suécia votaram contra.

O programa de ajuda será aplicado ao longo de vários anos e 1,4 bilhão de euros virão do Fundo Europeu de Pesca; os restantes 600 milhões de euros virão da Comissão Européia. Segundo a comissão, os preços dos combustíveis para barcos de pesca subiram 240% desde 2002, colocando forte pressão sobre um setor já abalado pela redução dos estoques de peixes nos mares.

A aprovação do programa de ajuda só aconteceu depois de o presidente da Comissão Européia, José Manuel Barroso, pressionar sua equipe técnica, que relutava em conceder mais subsídios. As informações são da France Presse, citada pela Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.