O fornecimento de gás russo para a Europa caiu drasticamente durante a noite e continua piorando, afirmou em Kiev o ministro tcheco da Indústria e Comércio, Martin Riman, que integra uma delegação da União Européia (UE).

"A situação mudou muito drasticamente. O volume de gás transportado da Rússia para a Ucrânia diminuiu e a situação na fronteira eslovaca está piorando", disse o alto representante da UE.

as-ant/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.