Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ucrânia diz que Gazprom reduziu a 1 terço envio de gás à Europa

Kiev, 6 jan (EFE).- A empresa estatal ucraniana Naftogaz informou hoje que a companhia russa Gazprom reduziu para um terço o bombeamento de gás à Europa através do território da Ucrânia.

EFE |

"A provisão caiu para 92 milhões de metros cúbicos diários, declarou o porta-voz da empresa ucraniana, Valentín Zemlianski, citado pela agência de notícias "Interfax Ukrainy", após lembrar que a Gazprom bombeava pouco mais 286 milhões de metros cúbicos de gás natural.

O porta-voz advertiu que a brusca queda da pressão na entrada do sistema de gasodutos ucranianos conduzirá inevitavelmente à redução nas próximas horas das provisões aos consumidores europeus.

"A Gazprom cortou todas as comunicações com a Naftogaz", acrescentou Zemlianski.

Ontem, o primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, havia ordenado a redução das provisões de gás na fronteira com a Ucrânia no mesmo volume em que o combustível russo foi, segundo ele, "roubado" no país vizinho em seu trânsito rumo aos consumidores europeus. EFE bk/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG