Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ucrânia diz que confia na retomada do bombeamento de gás russo

Bruxelas, 12 dez (EFE).- O Governo da Ucrânia disse hoje que confia na retomada do bombeamento de gás russo através de seu território amanhã, tal como foi acordado com a Rússia e a UE.

EFE |

"Esperamos que as últimas discussões permitam, tal como prometeu a parte russa, retomar a provisão de gás amanhã de manhã", declarou hoje o vice-primeiro-ministro ucraniano, Grygoriy Nemyria.

Explicou que Moscou e Kiev alcançaram o ponto em que "já não resta nenhum obstáculo para retomar a provisão de gás amanhã".

Nemyria lembrou que seu Governo já assinou na quinta-feira passada um protocolo com a UE para o trabalho da missão de observadores na sexta-feira.

Por outro lado, disse ele, a Rússia não deu "um passo simétrico", o que teria permitido a retomada do bombeamento na manhã de sábado, reclamou Nemyria antes de se reunir com a Presidência tcheca da UE e uma delegação russa.

Ele afirmou que "há uma solução técnica" para encurtar o período de passagem da Rússia até os clientes na UE, estimado em 36 horas.

"Se houver boa vontade (os técnicos) podem encurtar este período", disse, sem especificar, porém, de que forma eles poderiam fazer isto.

Nemyria insistiu em que, após o acordo anunciado hoje, existem questões de longo prazo que "é preciso resolver" para evitar que uma crise como a atual se repita no futuro.

Para isso, disse que é preciso aumentar a transparência do funcionamento do setor do gás e conseguir acordos estratégicos baseados em "fórmulas conhecidas" e que "não contenham motivações políticas". EFE rcf/jp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG