O conflito do abastecimento de gás entre Rússia e Ucrânia pode causar problemas técnicos graves no transporte do gás russo fornecido à Europa dentro de 10 dias, declarou neste sábado o representante da presidência ucraniana para a segurança energética, Bogdan Sokolovski.

"Se a Rússia não fornecer mais gás (para os países europeus) além do que fornece agora, em cerca de 10 dias haverá problemas técnicos graves", disse o representante do presidente Viktor Yushenko.

"O transporte de gás pode até ser interrompido em algum momento", disse Sololovski à imprensa, advertindo que "não será nossa culpa".

ant-bfi/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.