Bruxelas, 8 jan (EFE).- A Ucrânia aceitou a missão de observação proposta pela União Européia (UE) para tentar pôr fim à crise do gás, informou o vice-primeiro-ministro, Grygoriy Nemyria.

Nemyria disse ainda que acredita que os inspetores podem chegar amanhã à região para permitir que o fornecimento volte ao normal "o mais rápido possível", Segundo explicou à imprensa, Kiev está fechando com a UE os últimos detalhes deste acordo, e garantirá "total acesso" aos observadores europeus para que comprovem que a Ucrânia facilita o trânsito do gás russo aos países do bloco.

Hoje, o presidente da companhia russa Gazprom, Alexei Miller, anunciou um acordo com a UE para retomar o fornecimento de gás para a Europa, assim que os observadores comunitários estejam na Ucrânia e possam comprovar que não há obstáculos ao trânsito. EFE mvs/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.