Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

UBS apura novo prejuízo trimestral e anuncia plano de reestruturação

SÃO PAULO - O banco suíço UBS pretende separar suas unidades de negócios após registrar mais uma perda trimestral. Entre abril e junho, a instituição verificou prejuízo de 358 milhões de francos suíços (US$ 330 milhões) e redução no valor de ativos da ordem de US$ 5,1 bilhões por causa da exposição à crise subprime.

Valor Online |

No trimestre terminado em março de 2008, a perda foi de 11,535 bilhões de francos suíços. Nos três meses até junho do exercício passado, o banco havia ganhado 5,547 bilhões de francos suíços.

No segundo semestre deste ano, o UBS não espera ver qualquer melhoria nas tendências econômicas e do mercado financeiro que afetaram os números do trimestre, observou em nota em sua página eletrônica. A entidade completou que dará continuidade ao seu programa para reduzir o quadro de pessoal, custos e riscos.

O UBS lembrou que sua equipe foi diminuída para 81.452 pessoas em 30 de junho de 2008, o que implica 2.387 funcionários a menos em relação ao nível de 31 de março deste calendário. A maior parte do enxugamento ocorreu na divisão de banco de investimento.

Após uma revisão detalhada de suas estratégias, o UBS aproveitou para comunicar também hoje um amplo programa de reestruturação de suas atividades com a finalidade de criar uma plataforma para o crescimento sustentado e ampliar o valor para o grupo como um todo.

O UBS operará agora como um grupo com divisões de negócios autônomas. Este movimento tornará o UBS mais eficiente e ágil, destacou. O banco separará suas divisões de negócios em três unidades autônomas - administração de riquezas, banco de investimento e administração de ativos - e dará a elas maior autoridade operacional e contábil.

As informações são do próprio UBS e agências internacionais.

(Juliana Cardoso | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG