Vocês darão conta de que não entendo absolutamente nada de economia, disse, com ironia, o arcebispo sul-africano Desmond Tutu, Prêmio Nobel da Paz em 1984, ao destacar a necessidade de aplicar à vida e à economia os valores humanos da dignidade, generosidade e solidariedade. Ele quase não fez alusões políticas exceto quando afirmou que quando matas 300 crianças e civis inocentes, terás que prestar contas a Deus.

Quando disparas foguetes aos civis, terás que responder a Deus".

"Devemos aplicar ao mundo a ética da família... Na família, não se dá a cada um o equivalente à contribuição no orçamento, o bebê não contribui em nada, mas lhe damos tudo."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.