Tamanho do texto

Ancara, 6 jan (EFE).- O ministro de Energia turco, Hilmi Guner, confirmou hoje que o gás russo fornecido através da Bulgária foi interrompido, e que tinha procurado o embaixador da Ucrânia, envolvida em um conflito sobre o combustível com a Rússia, para tentar solucionar o problema.

Apesar da situação, fontes da estatal Corporação Turca de Gasodutos (Bota) asseguraram que os gasodutos seguiam operando ao nível normal e que não foram registrados problemas com o fluxo de gás natural proveniente da Rússia. EFE dt/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.