SÃO PAULO - A Triunfo Participações e Investimentos (TPI) foi a vencedora da concessão para explorar o corredor Ayrton Senna / Carvalho Pinto, no Estado de São Paulo. O grupo propôs receber R$ 0,048560 por quilômetro nas tarifas de pedágio, o que representa um deságio de 54,99% sobre o preço previsto no edital de licitação, de R$ 0,107910 por quilômetro para os trechos de pista dupla.

Seis consórcios apresentaram propostas para essa etapa da licitação. O Consórcio Primav EcoRodovias S.A. propôs a segunda menor tarifa, de R$ 0,058899 por quilômetro, um deságio de 45,42%.

O Consórcio TPI será responsável pela administração de um trecho de 142 quilômetros deste corredor, que liga a capital São Paulo à região de Taubaté, passando por Mogi das Cruzes, Jacareí e São José dos Campos. A empresa terá de pagar uma outorga de R$ 594 milhões no prazo de 18 meses, sendo 20% à vista. O grupo também será responsável por investir R$ 903 milhões durante os 30 anos da concessão.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.