Trinta e seis passegeiros e membros da tripulação ficaram feridos, 12 deles com gravidade, em um incidente que forçou um avião da companhia Qantas a fazer um pouso de emergência nesta terça-feira.

O incidente aconteceu depois que o Airbus A330-300 emitiu um chamado de ajuda quando perdeu altitude de modo repentino durante um vôo de Cingapura para Perth, informou a Qantas.

Este foi o último de uma série de incidentes em vôos da Qantas, que já foi considerada uma das companhias aéres mais seguras do planeta.

"Passageiros e membros da tripulação sofreram ferimentos, incluindo fraturas e lacerações, a bordo do QF72 esta tarde no vôo entre Cingapura e Perth, após uma mudança repentida de altitude", afirma um comunicado da companhia.

Equipes médicas e dos serviços de emergência, com ambulâncias, aguardavam na pista da base aérea de Learmonth, que fica 1.100 quilômetros ao nordeste da capital do estado, Perth.

ml/adm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.