Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Trigo continua ameaçado pela seca na China, mesmo com chuva

Pequim, 9 - Chuva e queda de neve em áreas produtoras da China que enfrentam seca não foram suficientes para acabar com a ameaça às lavouras, afirmou no fim de semana o departamento estatal que atua no controle de enchentes e medidas de alívio à seca. Até o dia 7 de fevereiro, 20 milhões de hectares de terra arável haviam sido atingidos pela seca, em comparação a 7,3 milhões de hectares no mesmo período do ano passado.

Agência Estado |

Culturas agrícolas, sendo a maioria trigo, foram plantadas em pelo menos 10 milhões de hectares.

A ocorrência de chuva e queda de neve em áreas prejudicadas pela seca pode deixar de ocorrer nesta segunda-feira, segundo a Administração Meteorológica da China. O vice-ministro do Comércio, Jiang Zengwei, afirmou hoje que o país irá aumentar as reservas comerciais de algumas commodities, além de incluir novos produtos, para lidar com situações inesperadas, como desastres naturais. O governo central tem reservas de grãos, carne suína, fertilizantes e açúcar.

Para diminuir a pressão nas finanças, o governo central irá encorajar empresas locais a estabelecer ou elevar reservas comerciais de commodities, e em situações de emergência, comprará reservas dessas empresas para garantir a estabilidade dos preços. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG