O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, garantiu nesta terça-feira, em Londres, que ainda não observa tendências de deflação na zona euro.

Trichet destacou que os planos de relançamento adotados serão bons "nos países onde há margem de manobra".

O presidente do BCE, que concedeu uma coletiva após um discurso, voltou a garantir que sua entidade "reduzirá as taxas de juros se for preciso".

"Devemos ser totalmente pragmáticos e nos concentrar nos fatos e nos números", disse.

O presidente do BCE se defendeu das acusações de ter reduzido em apenas meio ponto a taxa de juros, enquanto o Banco da Inglaterra adotava uma redução de ponto e meio: "De um ou outro lado do Atlântico e da (canal) Mancha, fazemos o que julgamos necessário e em situações diferentes".

fpo/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.