Tamanho do texto

Frankfurt (Alemanha), 14 mai (EFE).- O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, afirmou que a compra de dívida pública e privada não constituirá riscos para a inflação porque "não vai mudar a orientação da política monetária".

Frankfurt (Alemanha), 14 mai (EFE).- O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, afirmou que a compra de dívida pública e privada não constituirá riscos para a inflação porque "não vai mudar a orientação da política monetária". Em entrevista ao jornal alemão "Handelsblatt", Trichet sustenta que "a liquidez adicional por meio das compras de bônus dos Governos será retirada novamente". Trichet defendeu a decisão de intervir nos mercados de renda fixa pública e privada, que foi adotada pelo conselho de Governo - 24 horas após ser descartada em sua reunião em Lisboa - diante da "abrupta deterioração" dos mercados entre a quinta e sexta-feira na semana passada. "O acordo alcançado na Europa para prestar apoio financeiro à Grécia e a iminente aprovação do Fundo Monetário Internacional (FMI) do acordo para a Grécia deveriam ter contribuído para aliviar as tensões nos mercados (...), mas teve efeito contrário", disse. EFE cv/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.