Frankfurt (Alemanha), 8 jul (EFE).- O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, deu hoje às boas-vindas à publicação dos testes de resistência ("estresse teste") dos banco comerciais da União Europeia (UE).

Frankfurt (Alemanha), 8 jul (EFE).- O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, deu hoje às boas-vindas à publicação dos testes de resistência ("estresse teste") dos banco comerciais da União Europeia (UE). Na entrevista coletiva após a reunião do conselho de Governo, Trichet disse que "deverá atuar de forma apropriada quando for necessário". "Damos às boas-vindas à decisão anunciada pelo Conselho Europeu de publicar, com o consentimento dos bancos envolvidos, os resultados individuais dos testes de resistência para os bancos da UE realizadas pelo Comitê dos Supervisores Bancários Europeus (CEBS) em cooperação com o BCE", assinalou Trichet. Acrescentou que alguns balanços sãos uma gestão de risco efetiva e mostram modelos de negócio robustos e transparentes, o que é essencial para fortalecer a resistência dos bancos aos impactos e assegurar um acesso adequado ao financiamento. O presidente do BCE insistiu que estabeleçam as bases para um crescimento econômico, a criação de emprego e a estabilidade financeira. Trichet pediu aos bancos comerciais que facilitem o acesso ao crédito para o setor não financeiro quando aumente a demanda. Se for necessário, para enfrentar este desafio, os bancos deveriam reter lucro e fortalecer seu capital ou beneficiar-se das medidas de apoio dos Governos para recapitalização, disse Trichet. O CEBS, com sede em Londres, publicou uma lista de 91 bancos que foram submetidos aos testes de resistência, entre estes figuram 27 bancos e Caixas espanholas. Os resultados dos testes de resistência serão divulgados em 23 de julho. EFE aia/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.