O presidente do Banco Central Europeu, Jean-Claude Trichet, considerou nesta terça-feira que frente à crise financeira a União Européia não tem motivo algum para imitar os Estados Unidos, cujo governo apresentou um plano de resgate das instituições bancárias.

"Devido a nossa estrutura européia intrínseca, não podemos ter o mesmo que nos Estados Unidos", disse Trichet à rede de TV francesa France 2.

"Temos que encontrar o que é apropriado para nós", disse.

Trichet se mostrou "muito feliz" com a capacidade de reação dos governos europeus frente à crise. Por exemplo, França, Bélgica e Luxemburgo resgataram o banco Dexia e a Alemanha resgatou o Hypo Real Estate.

"Os governos se mobilizaram de maneira impressionante, quando deviam", afirmou Trichet.

laf/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.