O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, destacou nesta sexta-feira a necessidade de que a Câmara de Representantes dos Estados Unidos aprove o plano de resgate dos mercados preparado pela Casa Branca.

"É claramente necessário que se aprove o plano do secretário (do Tesouro, Henry) Paulson para enfrentar a importante correção em curso", afirmou Trichet à rádio radio francesa Europe 1.

"Tanto nos Estados Unidos, onde se originaram os fenômenos turbulentos que vivemos neste momento, como na Europa e no resto do mundo, enfrentamos uma importante correção em curso. Assim, não podemos dizer que depois deste ou daquele acontecimento tudo terminou", acrescentou.

ban/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.