Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

TRF nega habeas-corpus a acusados na Operação Suíça

O Tribunal Regional Federal (TRF) da 3ª Região, das Seções Judiciárias dos Estados de São Paulo e de Mato Grosso do Sul, negou hoje pedido de habeas-corpus de Carlos Miguel de Souza Martins e Alexander Siegenthaler, denunciados pela Operação Suíça, ação da Polícia Federal (PF) que desmontou em 2006 um esquema de remessas irregulares para contas na Suíça. Os réus, que pediam que seus depoimentos fossem realizado na Suíça, terão de responder na 6ª Vara Criminal Federal, em São Paulo.

Agência Estado |

Martins e Siegenthaler, ex-chefes do Credit Suisse no Brasil e da divisão de private banking do Credit para as Américas, respectivamente, são acusados de captar recursos
de clientes brasileiros e enviá-los, por meio de remessas irregulares, a contas numeradas na Suíça. O escritório de representação do Credit no Brasil, segundo a PF, era usado para dar aparência lícita à operação.

Ao todo, 17 pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público Federal, 13 delas executivos ou ex-funcionários do banco suíço no Brasil e no exterior. Elas respondem a acusações de lavagem de dinheiro, evasão de divisas, gestão fraudulenta, operação ilegal de instituições financeiras e formação de quadrilha.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG