SÃO PAULO (Reuters) - O tráfego de trens na estrada de ferro de Carajás foi restabelecido ao meio-dia desta segunda-feira, após ter sido interrompido por causa de um descarrilamento de três locomotivas e o tombamento de 32 vagões, informou a Vale, que opera a ferrovia. A Vale informa que ao meio-dia desta segunda-feira, dia 8, foi restabelecido o tráfego de trens na Estrada de Ferro Carajás (EFC), informou a empresa em uma nota.

Segundo a Vale, equipes de controle e segurança trabalharam desde domingo 'para liberar a linha e normalizar o fluxo na ferrovia', após o acidente no município de Marabá, no sudeste do Pará.

Segundo a empresa, o trem fazia o percurso de São Luis a Carajás, onde seria carregado com minério.

De acordo com a empresa, o trem de passageiros que circula pela rodovia voltará a operar normalmente na terça-feira.

Ainda de acordo com a Vale, peritos ferroviários apuram as causas do descarrilamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.