Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

TRE da Bahia multa ministro Geddel por propaganda antecipada

BRASÍLIA - O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) multou o ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, no valor de R$ 15 mil por propaganda eleitoral antecipada em rádio e televisão. De acordo com ação movida pela Procuradoria Eleitoral da Bahia, em janeiro deste ano, o programa do PMDB, partido de Geddel, divulgou imagens e trechos do discurso da visita do ministro e do presidente Luiz Inácio Lula da Silva às obras de revitalização e transposição do Rio São Francisco, realizada em 2009. Segundo a procuradoria, o programa serviu para promover o nome e as qualidades de Geddel como gestor, o que significou antecipação do debate eleitoral.

Valor Online |

A decisão da Justiça é do dia 25 de fevereiro, mas somente foi divulgada hoje pela procuradoria.

O tribunal isentou o diretório nacional do PMDB no caso, apesar de a procuradoria também ter solicitado a punição da legenda. Em janeiro, o TRE já havia ordenado a suspensão do programa partidário sob pena de multa no valor de R$ 5 mil por dia.

Geddel é apontado como candidato ao governo da Bahia. De acordo com o calendário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a propaganda eleitoral devem ter início a partir do dia 6 de julho.

(Agência Brasil)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG