Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Transpetro abre megalicitação

A Transpetro lançou ontem licitação para encomendar 22 navios para transporte e derivados, na segunda fase do Programa de Modernização e Expansão da Frota da companhia (Promef). O pacote vem três anos após o lançamento da primeira fase do programa, que ainda enfrenta problemas para ser posta em prática.

Agência Estado |

A Petrobras informou também que pretende contratar 21 novas embarcações, que deverão ser construídas no Brasil.

Segundo o presidente da Transpetro, Sérgio Machado, as cartas-convite para a nova licitação começam a ser enviadas hoje. A empresa dividiu o pacote em sete lotes. Para seis deles, que incluem petroleiros, navios para transporte de combustíveis e navios gaseiros, serão convidados 13 estaleiros brasileiros e 14 estrangeiros. Para o último - três navios para transporte de combustível para navegação (bunker) - a empresa chamará 12 brasileiros e 10 estrangeiros.

Machado afirmou que todas as embarcações deverão ser construídas no Brasil, com índice de nacionalização de 70%, independentemente da origem dos grupos vencedores da licitação. Na primeira fase do Promef, a empresa licitou 26 navios, orçados em US$ 2,48 bilhões, em lotes entregues aos estaleiros Mauá, Itajaí, Atlântico Sul e Rio Naval. Este último, porém, ainda não conseguiu comprar o terreno onde pretende construir as embarcações. A Transpetro espera que o problema seja resolvido até 15 de agosto. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG