Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Trabalhadores fazem manifestações por emprego no RS

Centenas de trabalhadores participaram de manifestações ligadas ao Dia Nacional de Luta pelo Emprego e Salário em diversas cidades do Rio Grande do Sul, nesta quarta-feira. Organizados pelos sindicatos de metalúrgicos e pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), os manifestantes foram fazer discursos e entregar panfletos na porta de fábricas em Santa Rosa, Pelotas, Canoas, Sapucaia do Sul, Passo Fundo e Porto Alegre.

Agência Estado |

Na capital gaúcha, um grupo ficou no acesso ao terreno da sede da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs) durante cerca de uma hora, no início da tarde. O presidente regional da CUT, Celso Wojciechoswki, disse que os sindicatos querem discutir a manutenção da atividade econômica com o governo e os empresários. Admitiu que os trabalhadores podem negociar jornadas mais flexíveis, banco de horas e férias coletivas, mas não aceitam demissões e redução de direitos sociais.

Depois da manifestação, representantes dos trabalhadores foram à Assembleia Legislativa entregar ao presidente da Casa, Ivar Pavan (PT), a proposta de criação de um fórum para tratar das reações às consequências da crise financeira internacional no Estado. A Federação dos Metalúrgicos estima que 5,7 mil trabalhadores da categoria tenham perdido seus empregos no Rio Grande do Sul desde outubro de 2008.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG