Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Trabalhadores de fornecedora da Oi entram em greve

O Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo informou que os cerca de 100 trabalhadores da Etelbras, empresa de eletrônicos e fornecedora de produtos para a empresa de telecomunicações Oi, entraram em greve hoje. De acordo com o sindicato, a medida é um protesto contra a demissão de oito trabalhadores ocorrida em 30 de janeiro.

Agência Estado |

A Etelbras negou que tenha demitido, alegando que apenas não renovou o contrato de funcionários temporários.

O sindicato acusou a empresa de ameaçar anunciar novas dispensas para que os trabalhadores aceitem proposta de redução de jornada de trabalho e de salários. "A empresa está usando a crise como argumento para demitir. Isto é inaceitável. Temos consciência de que ela não está passando por dificuldades financeiras nem o setor de telecomunicações", afirmou o presidente do sindicato, Miguel Torres.

A Etelbras acusou o sindicato de romper de forma unilateral as negociações que vinha mantendo com os trabalhadores. A companhia também rebateu a acusação de que estaria ameaçando os trabalhadores de demissão. A Etelbras afirmou que propôs a redução de jornada e salários, pois, de outra forma, seria obrigada a demitir frente à queda "brutal" da produção verificada desde setembro. A empresa apontou que vai continuar a avaliar as demandas dos trabalhadores, que incluem um novo plano de cargos e salários e um aumento na participação nos lucros.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG