Londres, 21 ago (EFE).- Os funcionáios de serviços de terra da companhia Swissport nos aeroportos londrinos Gatwick e Stansted desistiram de realizar a paralisação anunciada para 25 de agosto, feriado no Reino Unido, e agora os empregados da Airfield Services são os únicos que mantêm as interrupções.

O sindicato Unite, o maior do país e ao qual são filiados os trabalhadores da Swissport que convocaram a paralisação, anunciou hoje, em comunicado, que, após "intensas" negociações na mesa de conciliação e arbitragem, a companhia revisou para cima sua oferta de alta salarial.

Por esse motivo, a Unite suspendeu as interrupções de forma temporária, até que sejam conhecidos, no início da próxima semana, os resultados de uma nova votação entre os trabalhadores.

Trezentos e dezoito empregados da Swissport em Gatwick, encarregados dos serviços de manejo de bagagens, haviam anunciado na semana passada paralisações de 24 horas em 25 e 29 de agosto, depois que 75% dos trabalhadores votaram a favor da medida.

Segundo a Unite, as interrupções representariam a paralisação total destes serviços em companhias aéreas como Monarch, Thomson Fly, North West e Virgin Atlantic. EFE pdj/fh/gs

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.