Washington, 7 ago (EFE) - A fabricante Toyota voltou a ser declarada a mais confiável de todos os produtores de automóveis nos Estados Unidos, de acordo com um estudo da firma J.D.

Powers, que analisa os problemas de veículos com três anos de vida.

Segundo o estudo divulgado hoje, a marca de luxo da Toyota, a Lexus, é a que mais pontuação obteve pelo 14º ano consecutivo, ao reportar 120 problemas para cada 100 veículos (ppv), 25 a menos que em 2007.

Após a Lexus se situaram Mercury (do grupo Ford), com 151 ppv; Cadillac (da General Motors), com 155 ppv; Toyota, com 159 ppv, e Acura (da Honda), com 160 ppv.

As cinco marcas com pior pontuação são Saab (da GM), com 254 ppv; Isuzu, com 274 ppv; Kia, com 278 ppv; Suzuki, com 302 ppv, e Land Rover, com 344 ppv.

A J.D. Powers também disse que a Lexus levou os prêmios por seis segmentos de carros, mais que nenhuma outra marca em 2008, pelos veículos ES 330, GX 470, IS 300, LS 430, LX 470 e SC 430.

O estudo assinalou que a qualidade a longo prazo dos veículos em geral melhorou em cerca de 5% em 2008, ao cair para 10 os problemas por cada 100 veículos.

A J.D. Powers contabiliza os problemas experimentados pelos compradores originais de veículos com uma antiguidade de três anos.

A firma disse que os motoristas "experimentam cerca de 75% mais problemas no terceiro ano de posse que durante os primeiros 90 dias".

David Sargent, vice-presidente de pesquisa do automóvel da J.D.

Powers, disse que "os fabricantes desenham modelos que não só alcançam um elevado nível de qualidade inicial, mas que também conseguem elevados níveis de confiabilidade a longo prazo".

Os principais problemas reportados pelos proprietários são elevados níveis de barulho causados pelo vento, barulhos dos freios, deslocamento do veículo da esquerda para a direita, problemas com os instrumentos e embaçamento excessivo no pára-brisas. EFE crd/ab/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.