Tóquio, 6 jan (EFE).- A maior fabricante japonesa de automóveis, a Toyota, anunciou hoje que entre fevereiro e março suspenderá a produção em todas as suas fábricas no Japão durante 11 dias, devido à crise no setor.

Previamente, a Toyota já tinha comunicado que em janeiro paralisaria sua produção durante três dias na maioria de suas fábricas no Japão e também as operações noturnas em 11 de suas 12 instalações japonesas e nas que tem no exterior.

Segundo a agência de notícias local "Kyodo", a decisão da Toyota de ampliar para 11 dias a suspensão de sua produção pode ter um efeito negativo no emprego e especialmente em empresas terceirizadas.

As novas medidas representam a suspensão da produção doméstica em suas 12 fábricas japonesas durante quatro dias úteis e dois sábados em fevereiro, e ao longo de três dias úteis e dois sábados em março.

A decisão da gigante japonesa se deve à crise que atinge o setor automotivo, cujas vendas desabaram em 2008, o que no caso da Toyota aumentou o nível de seus estoques. EFE psh/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.