Tamanho do texto

Toronto (Canadá), 29 abr (EFE).- A Toyota demorou mais de dois meses para fazer o recall do modelo Venza depois que as autoridades canadenses detectaram problemas de aceleração no carro, segundo documentos divulgados hoje.

Toronto (Canadá), 29 abr (EFE).- A Toyota demorou mais de dois meses para fazer o recall do modelo Venza depois que as autoridades canadenses detectaram problemas de aceleração no carro, segundo documentos divulgados hoje. A televisão pública canadense "CBC" informa que os documentos mostram que o Ministério de Transporte do Canadá advertiu em 2 de outubro do ano passado que a Toyota deveria "reagir de forma imediata às preocupações". Os documentos estão em posse de um comitê parlamentar que investiga o recall da Toyota no Canadá. Segundo os documentos, as autoridades canadenses tinham recebido pelo menos duas queixas relacionadas a problemas de aceleração do Venza e verificaram o possível defeito. No dia 7 de outubro de 2009, quando a Toyota fez o recall de milhões de veículos na América do Norte para solucionar um defeito no pedal do acelerador, a empresa não incluiu o modelo Venza, embora uma das queixas fosse justamente sobre o modelo. A exclusão do Venza fez com que, ainda em 7 de outubro, o Ministério de Transporte do Canadá informasse à Toyota que "seguia preocupada". Apenas no dia 17 de dezembro, a montadora convocou os proprietários do modelo para revisão. EFE jcr/dr/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.