Tóquio, 23 jan (EFE).- A montadora japonesa Toyota Motor pode demitir mais de mil trabalhadores na América do Norte e no Reino Unido devido à crise, informa hoje o diário econômico local Nikkei.

Cerca de 300 mil pessoas trabalham para Toyota no mundo todo e mais de 40% delas estão empregadas fora do Japão.

Caso essa grande demissão seja concretizada, seria uma medida sem precedentes para a maior fabricante do setor no mundo, que sempre tentou proteger seus trabalhadores independentemente das adversidades econômicas.

A única exceção a essa regra aconteceu em 1950, quando a Toyota estabeleceu planos de aposentadoria antecipada para cerca de 1.600 empregados.

A Toyota registrou baixas em suas vendas de até 4% em 2008, especialmente nos EUA e no Reino Unido Só em dezembro, suas vendas na América do Norte caíram 36% e no Reino Unido 26%, frente ao mesmo mês do ano anterior. EFE icr/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.