Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Total de IPOs no mundo é o menor desde 1995

A crise chegou com força ao mercado de ações. O volume mundial de aberturas de capital de empresas (IPOs, na sigla em inglês) este ano é o menor desde 1995, segundo dados da Ernst & Young.

Agência Estado |

Até novembro, 745 empresas fizeram sua oferta de ações inicial, levantando US$ 95,3 bilhões, frente a 1.790 IPOs verificados no mesmo período do ano passado, que somaram US$ 256,9 bilhões. De janeiro a novembro de 1995, houve 374 aberturas de capital no mundo, atingindo um total de US$ 52,4 bilhões. O levantamento mostrou que 298 aberturas de capital foram adiadas ou canceladas este ano. Em 2007, foram 167.

“Quem sofreu muito foram os países do BRIC”, disse o sócio da Ernst & Young, Paulo Sergio Dortas, referindo-se ao grupo formado por Brasil, Rússia, Índia e China. No Brasil, foram somente quatro IPOs, comparados a 116 na China. “O principal fator é a expectativa de crescimento econômico, que se reflete no retorno ao investidor”, explicou Dortas. Até o mês passado, foram feitas 163 aberturas de capital nos BRICs, levantando US$ 28 milhões. No mesmo período de 2007, haviam acontecido 365 transações, que totalizaram US$ 106,8 bilhões.

Apesar de terem acontecido somente quatro aberturas de capital no Brasil este ano, uma delas ficou entre as três maiores do mundo. A OGX Petróleo e Gás Participações, do empresário Eike Batista, levantou US$ 4,1 bilhões na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Desde lá, no entanto, as ações da empresa perderam 70,11% do seu valor. Em primeiro lugar entre os maiores IPOs do mundo ficou a Visa Inc, que conseguiu US$ 19,7 bilhões na Bolsa de Valores de Nova York. Esse foi também o maior IPO da história dos Estados Unidos. Em segundo lugar ficou a China Railway Construction Corp., que levantou US$ 5,7 bilhões nas bolsas de Xangai e Hong Kong. Das 20 maiores captações do período, 15 foram em mercados emergentes. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG