A Tivit informou há pouco que seus controladores não assinaram qualquer acordo de venda de ações, mas que continuam atentos a oportunidades de negócio. O posicionamento vem em resposta a uma reportagem publicada hoje na imprensa, de que a empresa de serviços de tecnologia da informação estaria em negociação com um fundo de participações internacional.

No comunicado, a Tivit diz que os controladores receberam "diversas manifestações de interesse de potenciais investidores", e sem citar uma proposta específica completa que "os termos e condições não foram considerados aceitáveis".

Veja abaixo a íntegra do comunicado:

"Comunicado ao Mercado

São Paulo, 22 de março de 2010 - TIVIT TERCEIRIZAÇÃO DE PROCESSOS, SERVIÇOS E TECNOLOGIA S.A. ("Companhia"), comunica que seus acionistas controladores, em vista da notícia veiculada nesta data no jornal "Valor Econômico", esclarecem o que segue: Nossos acionistas controladores sempre procuraram e continuam procurando alternativas estratégicas, inclusive aquisições, fusões e outras opções, visando a criação de uma empresa global e ainda mais valor para a Companhia e todos os seus acionistas.

Como consequência, receberam diversas manifestações de interesse de potenciais investidores para realização de investimento na Companhia, inclusive por meio de aquisição de participação acionária relevante na Companhia, cujos termos e condições não foram considerados aceitáveis para os acionistas controladores. Ademais, nossos acionistas controladores informam não terem celebrado qualquer compromisso vinculativo tendo por objeto a alienação de suas ações de emissão da Companhia, e que continuam avaliando não apenas as manifestações de interesse recebidas, como também outras oportunidades de negócio."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.