Tamanho do texto

SÃO PAULO - Timothy Geithner, antigo presidente do Federal Reserve de Nova York, assumiu o posto de secretário do Tesouro dos Estados Unidos depois de o Senado aprovar a nomeação dele para o cargo por 60 votos a favor e 34 contra. Na cerimônia ontem à noite em que Geithner prestou juramento, o presidente dos EUA, Barack Obama, avisou que o trabalho do novo secretário tinha início imediato. Apenas dez dos 41 republicanos no Senado deram apoio a Geithner. A oposição se deu porque ele não pagou alguns impostos em anos anteriores.

Geithner pediu desculpas pelo ocorrido e disse que tinha sido descuidado.

Como secretário do Tesouro, Geithner pretende reformar o plano de ajuda ao setor financeiro, que não se mostrou suficiente para afastar os riscos de quebra de grandes bancos.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.