Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

TIM sai do prejuízo no terceiro trimestre

A TIM Participações voltou ao lucro no terceiro trimestre deste ano, com ganhos de R$ 22,529 milhões. No mesmo período de 2007, a empresa havia perdido R$ 126,949 milhões.

Agência Estado |

A receita líquida da empresa subiu 6,13%, alcançando R$ 3,357 bilhões. A margem de lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) alcançou 23,8% no trimestre, ficando em 20,7% no acumulado do ano.

A provisão para inadimplência voltou ao patamar esperado pela diretoria da operadora e alcançou, no terceiro trimestre, 4,7% da receita líquida de serviços. Entre abril e junho, o provisionamento representava 6,8% do faturamento, e havia chegado a 9,6% no primeiro trimestre do ano.

Em comunicado distribuído com a demonstração financeira, o presidente da operadora, Mario Cesar Pereira de Araujo, afirmou que as ações implementadas no primeiro semestre para restaurar a rentabilidade da empresa, que incluíram reestruturação do quadro diretivo e medidas de redução de custos, "já começaram a surtir efeitos positivos".

Nos últimos trimestres, o balanço da TIM foi afetado por agressiva campanha de televendas promovida pela operadora, que acabou gerando custos maiores com inadimplência. "Neste trimestre, não observamos mais o relevante impacto do canal televendas e da promoção 7 centavos", afirmou Araujo no comunicado.

A TIM projeta investimentos de aproximadamente R$ 40 milhões neste ano para instalar uma rede de fibra óptica no Rio de Janeiro, cujas vendas devem começar a ocorrer em 2009. Araujo disse, em teleconferência, que a empresa está iniciando uma licitação em São Paulo e Belo Horizonte para construir sua malha de internet em alta velocidade, com planos de levar a fibra óptica a outras quatro cidades.

Com isso, a TIM quer reduzir a dependência de linhas alugadas, baixar o custo de transporte e se preparar para a expansão do tráfego, especialmente após o lançamento do rede de terceira geração (3G) com a tecnologia High Speed Packet Access (HSPA). As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG