Tamanho do texto

A siderúrgica alemã ThyssenKrupp disse hoje que ainda espera que a mudança do tempo de vigência dos contratos de fornecimento de matérias-primas, de anual para trimestral, seja apenas temporária. O grupo acrescentou que deve repassar o forte aumento dos preços do minério de ferro para seus clientes.

A siderúrgica alemã ThyssenKrupp disse hoje que ainda espera que a mudança do tempo de vigência dos contratos de fornecimento de matérias-primas, de anual para trimestral, seja apenas temporária. O grupo acrescentou que deve repassar o forte aumento dos preços do minério de ferro para seus clientes. A ThyssenKrupp está em negociações com as mineradoras sobre o retorno aos acordos de fornecimento de prazo mais longo, após a companhia anunciar ontem que "teve de aceitar" um reajuste em torno de 100% do minério de ferro com uma grande mineradora, bem como o encurtamento do tempo de vigência do contrato de oferta para um trimestre. O porta-voz da unidade de aço do grupo na Europa, Erwin Schneider, disse que a siderúrgica continua esperando que a mudança da duração dos contratos seja temporária. A produtora de minério de ferro sueca LKAB disse nesta semana que vai adotar o sistema trimestral nos dois primeiros trimestres deste ano, mas estuda o retorno aos contratos mais longos. Sobre o repasse dos aumentos de preços do minério aos clientes, Schneider disse que isso ocorrerá "o quanto for possível". A capacidade da companhia de fazer isso "ainda precisa ser vista", disse ele, acrescentando que as conversas com os clientes estão começando. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.