BRASÍLIA - O Tesouro Nacional anunciou hoje que fará recompras mensais do papel prefixado NTN-F de longo prazo, com vencimento em 2017. O objetivo é dar liquidez aos investidores em meio à volatilidade que prossegue nos mercados.

"Entendemos que é uma boa estratégia dar maior liquidez ao papel e formar um preço correto, para o mercado não perder as referências", disse o secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin.

Ele disse que em 2008, a mesa do Tesouro fez a mesma coisa com a NTN-B de longo prazo, que é atrelada à inflação. Agora, será a vez da NTN-F, papel que paga cupom semestral de juros prefixados. O primeiro leilão de recompra do ano já foi feito em neste mês de janeiro, informou Augustin.

Ele comentou ainda que, do ponto de vista da rolagem da dívida pública, o mercado "mostrou uma retomada importante" em janeiro, e o Tesouro não enfrentou dificuldades no refinanciamento do grande lote de quase R$ 90 bilhões em prefixados que venceram no mês.

(Azelma Rodrigues | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.