Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Tesouro dos EUA lança programa para fundos mútuos

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos lançou oficialmente hoje seu programa para fornecer seguro federal aos fundos mútuos de mercados monetários (dívida de curto prazo), como parte de seu esforço para combater os problemas atuais no mercado de crédito e respondendo às preocupações que a crise financeira global possam afetar estes ativos historicamente seguros. Os fundos de mercados monetários investem em instrumentos negociáveis, aceites bancários, contratos de recompra, títulos do governo, certificados de depósitos e outros valores mobiliários de alta liquidez, e paga as taxas de juros do mercado monetário.

Agência Estado |

O programa de garantia temporária para os fundos de mercados monetários vai garantir o preço das ações de qualquer fundo mútuo, tanto de varejo quanto institucional, desde que o fundo atenda a certas exigências e pague uma taxa para isso, disse o Tesouro. O programa entrará em ação se o fundo sofrer uma queda de seu valor patrimonial líquido para menos de US$ 0,995 por ação.

O Tesouro anunciou o programa pela primeira vez no último dia 19, em meio aos sinais de pânico no segmento de fundos mútuos, causados pela fuga dos investidores desse tipo de aplicação. "O plano foi elaborado para resolver instabilidades temporárias nos mercados de crédito", disse o Tesouro. O programa vai existir durante um período inicial de três meses, depois do qual o Tesouro irá rever as necessidades e os termos para sua extensão.

Condições

Para participar do plano, os fundos com valor patrimonial líquido por ação igual ou superior a US$ 0,9975, quando do fechamento de seus negócios em 19 de setembro, deverão pagar uma taxa imediata ("upfront") de 0,01%, tomando como base o número de ações em circulação naquela data. Os fundos com valor patrimonial líquido por ação igual ou maior que US$ 0,995 e menor que US$ 0,9975 pagarão taxa imediata de 0,015%. Já os fundos com valor inferior a US$ 0,995 não poderão participar do programa. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG