Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Tesouro dos EUA garante recursos a agências hipotecárias

O Departamento do Tesouro dos EUA anunciou que aumentará seu compromisso de financiamento para as agências hipotecárias Fannie Mae e Freddie Mac para US$ 200 bilhões cada, como parte de um plano amplo do governo americano para garantir a confiança nas duas instituições e auxiliar o mercado imobiliário. Especificamente, o Tesouro estendeu o valor dos acordos de compra de ações preferenciais que possui com as companhias para US$ 200 bilhões cada, em comparação a US$ 100 bilhões originalmente, definidos quando o governo dos EUA assumiu o controle de ambas, em setembro do ano passado.

Agência Estado |

"O aumento no financiamento proporcionará confiança e perspectiva de longo prazo no mercado hipotecário e permitirá que a Fannie Mae e a Freddie Mac coloquem em prática esforços ambiciosos para garantir que os proprietários responsáveis consigam arcar com os custos das hipotecas", afirmou o secretário do Tesouro dos EUA, Timothy Geithner.

Além disso, o governo informou que elevará o limite dos portfólios de hipotecas de ambas as agências de US$ 850 bilhões para US$ 900 bilhões. O anúncio do Departamento do Tesouro está relacionado a um plano amplo do governo dos EUA para ajudar até 9 milhões de famílias a reestruturar ou refinanciar hipotecas e evitar uma execução. Entre outras propostas, está uma iniciativa de US$ 75 bilhões para reduzir o preço das mensalidades das hipotecas. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG