Os servidores do Tesouro Nacional e da Controladoria Geral da União (CGU) retornaram hoje ao trabalho, depois de duas semanas de paralisação. Segundo a União Nacional dos Analistas e Técnicos de Finanças e Controle (Unacon), o fim da greve foi decidido ontem, em assembléias realizadas em todo o País.

A proposta salarial apresentada pelo governo foi aprovada, com ressalvas, pelas assembléias, embora tenha sido rejeitada em quatro Estados: Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso e Minas Gerais.

A Unacon solicitou uma audiência com o secretário do Tesouro, Arno Augustin, e com o ministro da Controladoria, Jorge Hage, para discutir o pagamento dos dias parados. Até agora não houve resposta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.