Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Teremos vários meses de dificuldades, mas a situação vai melhorar, diz Paulson

O secretário americano do Tesouro, Henry Paulson, advertiu nesta quarta-feira que os Estados Unidos vão enfrentar dificuldades durante vários meses, mas que a situação vai melhorar depois do plano de resgate bancário.

Redação com AFP |

Acordo Ortográfico "Vamos ter de enfrentar um certo número de desafios durante um certo número de meses. Vamos levar tempo para superar esta fase", declarou Paulson, ao canal de televisão ABC sobre o desaquecimento econômico atual e um possível agravamento do desemprego.

Entretanto, ele se mostrou otimista sobre os efeitos positivos do plano de resgate bancário adotado no início de outubro pelo Congresso e reforçado terça-feira com, principalmente, a entrada do Estado no capital de dezenas de bancos no valor de 250 bilhões de dólares.

"AS pessoas podem esperar que a confiança volte ao sistema, que os bancos voltem a fazer empréstimos e que a atividade financeira volte ao normal", afirmou Paulson.

"Não há nenhuma dúvida de que há uma falta de confiança no sistema financeiro. Os bancos estão menos propensos a conceder créditos e isso teve impacto sobre a economia real", admitiu o secretário do Tesouro.

"As empresas não emprestas mais, os empregos estão em perigo, a poupança dos aposentados (frequentemente aplicadas em ações) encolheram, assim como outras economias investidas", constatou.

Mas ele garantiu que, com o plano de salvamento dos bancos, no valor de 700 bilhões de dólares, "o sistema vai se estabilizar".

"Quando os bancos voltarem a emprestar aos consumidores e às empresas, as empresas vão voltar a contratar", afirmou.

Mais notícias

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

 

Leia mais sobre crise financeira

Leia tudo sobre: crise financeira paulson

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG