SÃO PAULO - O indicador de tendência de emprego nos Estados Unidos caiu para 112,1 em julho depois de situar-se em 113,1 um mês antes (dado revisto). Ante julho de 2007, a queda foi de mais de 7,5%.

O resultado reforça a perspectiva de deterioração no mercado de trabalho dos EUA, conforme documento do instituto Conference Board divulgado nesta segunda-feira.

Além de avaliar que a economia americana está muito fraca, o economista sênior do organismo, Gad Levanon, observou que a taxa de desemprego pode passar de 6% no começo de 2009 nos Estados Unidos se o mercado de trabalho não mudar em breve.

O indicador de tendência de emprego agrega oito indicadores de mercado de trabalho.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.